A franquia do seguro é um valor fixo que o segurado precisa pagar em caso de sinistro ou acidente com o veículo. Essa quantia é determinada no momento da contratação do seguro e pode variar de acordo com a seguradora e o perfil do motorista. No entanto, muitas pessoas têm notado um aumento na franquia do seguro nos últimos anos, o que tem gerado dúvidas e insatisfação. Mas afinal, por que a franquia do seguro aumenta?

1. Inflação e aumento de custos

Uma das principais razões para o aumento da franquia do seguro é a inflação e o aumento dos custos relacionados à reparação de veículos. Com o passar do tempo, os preços de peças, mão de obra e serviços automotivos tendem a subir, o que impacta diretamente nos valores cobrados pelas seguradoras. Além disso, a própria inflação também contribui para o aumento dos custos operacionais das seguradoras, o que acaba sendo repassado para os segurados.

1.1. Peças automotivas

As peças automotivas estão entre os principais fatores que influenciam no aumento da franquia do seguro. Com o avanço da tecnologia e a introdução de novos recursos nos veículos, as peças se tornaram mais complexas e caras. Além disso, a oferta e demanda no mercado de peças também pode afetar os preços, especialmente em casos de reposição de peças raras ou de difícil acesso.

1.2. Mão de obra especializada

Outro fator que contribui para o aumento da franquia do seguro é a mão de obra especializada. Com o avanço da tecnologia automotiva, os profissionais responsáveis pela reparação e manutenção dos veículos também precisam se atualizar e adquirir conhecimentos específicos. Isso faz com que a mão de obra especializada se torne mais cara, o que é repassado para os segurados.

2. Aumento da sinistralidade

Outro motivo pelo qual a franquia do seguro aumenta é o aumento da sinistralidade. Com o aumento do número de acidentes e roubos de veículos, as seguradoras precisam se proteger financeiramente. Para isso, elas acabam aumentando a franquia do seguro, como forma de reduzir os riscos e garantir a sustentabilidade do negócio.

2.1. Custo de reparação

Quanto maior a sinistralidade, maior será o custo de reparação para as seguradoras. Isso inclui o conserto de veículos danificados, a reposição de peças e até mesmo o pagamento de indenizações em casos mais graves. Para conseguir arcar com esses custos, as seguradoras aumentam a franquia do seguro, de modo a repassar parte do valor para o segurado.

2.2. Risco do segurado

O perfil do segurado também pode influenciar no aumento da franquia do seguro. Motoristas considerados de alto risco, como os jovens e os que possuem histórico de acidentes, têm mais chances de se envolver em sinistros. Para compensar esse risco maior, as seguradoras aumentam a franquia do seguro, como uma forma de proteção financeira.

Perguntas frequentes sobre o aumento da franquia do seguro

  • 1. A franquia do seguro pode diminuir?

    Sim, em alguns casos a franquia do seguro pode diminuir. Isso pode acontecer, por exemplo, quando o segurado troca de seguradora ou quando renova o seguro com um bom histórico de sinistros. No entanto, é importante ressaltar que nem sempre a franquia será reduzida, pois isso depende de diversos fatores.

  • 2. Existe uma forma de evitar o aumento da franquia do seguro?

    Não existe uma forma garantida de evitar o aumento da franquia do seguro. No entanto, algumas medidas podem ajudar a controlar os custos do seguro, como a contratação de coberturas adicionais, a escolha de um veículo menos visado pelos ladrões e a adoção de medidas de segurança, como a instalação de um sistema de rastreamento.

  • 3. Como posso negociar a franquia do seguro?

    A negociação da franquia do seguro pode variar de seguradora para seguradora. Em alguns casos, é possível negociar um valor menor, especialmente se o segurado possui um bom histórico de sinistros e é considerado de baixo risco. Vale a pena entrar em contato com a seguradora e verificar as possibilidades de negociação.

  • 4. O aumento da franquia do seguro está relacionado à desvalorização do veículo?

    Embora a desvalorização do veículo possa influenciar no valor do seguro, ela não está diretamente relacionada ao aumento da franquia. A franquia do seguro é determinada com base nos custos de reparação e na sinistralidade, e não na desvalorização do veículo.

Em resumo, o aumento da franquia do seguro está relacionado principalmente ao aumento dos custos de reparação, inflação, sinistralidade e perfil do segurado. Embora não seja possível evitar completamente esse aumento, é importante buscar formas de controlar os custos do seguro e negociar com a seguradora sempre que possível.

By MobyCar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *